Portas para Saida de Emergência

18/09/2022 | Notícias | 0 Comentários

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA – PORTAS

Portas para saída de emergência ? Antes de mais nada  define-se  : Porta do tipo de abrir com eixo vertical, constituída por folha, batente ou contra marco e ferragens, que tem por finalidade impedir ou retardar a propagação do fogo e calor de um ambiente para o outro. Instalado ao nível do piso, destina-se a passagem de pessoas.

NORMA ABNT E CLASSES

A Porta Corta-Fogo para saída de emergência do tipo de abrir com eixo vertical, é fabricada segundo a NBR 11742/2018 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), e enquadradas nas Classes P-60, P-90 e P-120, resistentes a ação do fogo por sessenta, noventa e cento e vinte minutos respectivamente.

QUAL CLASSE UTILIZAR ?

Em relação a seleção ou escolha da Classe  a ser empregada em uma edificação, o cliente deverá verificar tal fato junto a uma Unidade do Corpo de Bombeiros de sua região ou estado, pois existem critérios, considerações e peculiaridades diferentes que poderão ser adotados.

CERTIFICADORAS E LABORATÓRIOS

As Portas Corta Fogo são testados periodicamente no Laboratório de Engenharia de Segurança (IPT/SP) sob acompanhamento da ABNT. Ou outros laboratórios  credenciados, e outra certificadora credenciada pelo CONMETRO.

Teste em laboratório de portas corta fogo

Teste em laboratório de portas corta fogo

 

MANTER ABERTAS OU FECHADAS AS PORTAS CORTA FOGO

A porta para saída de emergência , nada mais é conforme a norma ABNT NBR 11742:2018 a porta corta fogo , e está deve ser mantida fechada, porém há uma exceção: pode ser mantida aberta caso haja um dispositivo, como por exemplo os eletroímãs, pois possibilitam o fechamento automático em caso de incêndio.

Porta corta fogo pode ficar aberta ?

ONDE DEVEM SER INSTALADAS AS PORTAS CORTA FOGO?

As Portas Corta Fogo para saídas de emergência são indicadas para instalação nos seguintes locais entre outros:

• antecâmaras e escadas de edifícios

• áreas de refúgio;

• locais de acesso restrito, que se comunicam diretamente com rotas de fuga;

• acesso as passarelas e intercomunicação entre edifícios;

• portas em corredores integrantes de rotas de fuga, etc.

 

RASTREABILIDADE

Rastreabilidade de um produto é  um requisito muito importante , ainda mais quando a utilização destes envolvem vidas e patrimônios.

Na etiqueta metálica de identificação devem constar obrigatoriamente  dados completos do fabricante, inclusive preponderantemente o número de inscrição  no CNPJ/RF para possibilitar o rastreio de maneira inequívoca, além da identificação da certificadora, selo de conformidade que também deve ser mencionado na Nota Fiscal do fabricante.

RASTREABILIDADE

 

MANUTENÇÃO DAS PORTAS CORTA FOGO

A manutenção das portas é de responsabilidade do administrador da edificação onde a mesma encontra-se instalada. Sempre que se fizer necessário deve ser providenciada a regulagem ou a substituição dos dispositivos que não estejam em boas condições de funcionamento, que venham a impedir ou prejudicar o correto funcionamento da porta corta fogo.

Os serviços que compreendam a substituição de qualquer um dos componentes ou da própria folha devem ser realizados pelo fabricante da mesma ou por firmas por ele autorizadas.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda? Converse Conosco