Porta corta fogo pode ficar aberta ?

12/09/2022 | Notícias | 0 Comentários

Uma porta corta-fogo aberta nunca deve ser deixada sem vigilância. A maioria das portas corta-fogo, quando instaladas e usadas corretamente, retêm um incêndio por 60, 90 ou 120 minutos .

Portas corta-fogo abertas podem causar um efeito chaminé, que faz com que o fogo e fumaça se espalhem rapidamente, aumentando os riscos e diminuindo o tempo que as pessoas têm para evacuar com segurança, em caso de incêndio.

Conforme a norma ABNT NBR 11742:2018 a porta corta fogo deve ser mantida fechada, porém há uma exceção: pode ser mantida aberta caso haja um dispositivo, os eletroímãs , pois possibilitam o fechamento automático em caso de incêndio.

Eletroimas

Eletroimãs

Em casos de incêndio, os eletroimãs da porta corta-fogo liberam automaticamente as folhas das portas para que ela seja fechada evitando que o fogo se propague.

Normalmente são utilizadas em estabelecimentos comerciais, onde haja grande circulação de pessoas, como hospitais, teatros, cinemas, aeroportos, hotéis, escolas, supermercados e shopping centers.

O eletroímã ao ser energizado retém o dispositivo de segurança por meio de força eletromagnética, conforme o caso, a corrente eletromagnética pode ser interrompida de 3 (três) maneiras:

a ) Por sensores (calor, fumaça, relê de tempo e falta de energia).

b ) Por comando centralizado de disparos de alarme.

c ) Por interruptor manual (quando se deseja que a porta permaneça fechada).

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *