Norma NBR 11742

11/06/2024 | Notícias | 0 Comentários

Norma ABNT NBR 11742:2018 Porta Corta Fogo

A ABNT NBR 11742:2018 especifica os requisitos para portas corta fogo do tipo de abrir, com eixo vertical, destinadas a saídas de emergência. Ela abrange classificação, fabricação, identificação, unidade de compra, conteúdo do manual técnico, armazenamento, instalação, funcionamento, manutenção e ensaios.

A ABNT NBR 11742:2018 é a versão mais recente e substitui a edição anterior de 2003. Ela especifica os requisitos para portas corta fogo do tipo de abrir, com eixo vertical, destinadas a saídas de emergência. A norma abrange classificação, fabricação, identificação, unidade de compra, conteúdo do manual técnico, armazenamento, instalação, funcionamento, manutenção e ensaios. Desde a revisão de 2003, muitas mudanças ocorreram no mercado de segurança contra incêndio, tornando a atualização necessária.

As principais mudanças da ABNT NBR 11742:2018 em relação à edição anterior de 2003 incluem:

Classificação e critérios : A nova norma aprimora a classificação das portas corta fogo, considerando aspectos como resistência ao fogo e isolamento térmico.

Requisitos técnicosda NBR 11742 :Estabelece critérios mais detalhados para fabricação, instalação e manutenção das portas.

Manual técnico: Agora, há orientações específicas para o conteúdo do manual técnico que acompanha as portas.

Ensaios : A norma atualiza os procedimentos de ensaio para garantir a conformidade das portas com os requisitos.

 

Abaixo alguns tópicos relevantes e algumas mudanças em relação à anterior.

– A placa ‘OBRIGATÓRIO MANTER FECHADA’ passa a ser fotoluminescente, sem propaganda do fabricante.

Placa Porta Corta Fogo

– É permitida a colocação de duas portas corta fogo sendo cada uma abrindo em sentido oposto a outra em salas elétricas, casa de máquinas, bombas, por exemplo.

PCF 11742 Padrão | SCALA SCI

– Ambientes com concentração de pessoas acima de 100, portas com acesso à descarga, portas duplas que funcionam como saídas de emergência devem obrigatoriamente possuir barra antipânico. As demais podem receber fechaduras de sobrepor ou embutir.

– Para portas com fechadura com chave por fora é obrigatório placa anunciando que o reingresso ao ambiente não será possível.- Para a instalação do batente, admite-se preenchimento de vãos com material isolante incombustível. Para batentes instalados em parede de drywall, este deve ser reforçado com perfis de metalon de 2mm ou 4mm conforme peso da porta e serem bipartidos.

– Portas corta fogo conforme ABNT NBR 11742, para rota de fuga devem ter vão luz mínimo de 0,80m. Portas para acesso restrito podem ser menores. Portas acima de 1,10m de vão luz devem ser em duas folhas. Quando assimétricas, a folha maior não pode ser inferior a 0,80m de passagem.

– Não podem ser utilizadas ferragens (dobradiças, fechaduras, etc) com ponto de fusão inferior a 1100º C  salvo exceções previstas nas NBRs 11785 e 13768.

– Portas acima de 80kg devem possuir mola aérea como dispositivo que modere a velocidade de fechamento.

– Nos casos onde a rota de fuga também é utilizada para circulação diária de pessoas, admitem-se sistemas para mantê-las aberta que assegurem seu fechamento em caso de incêndio.

Calço X Eletroímã

– A bandeira da porta corta fogo passa de 1,00m (norma anterior) a exatos a altura da porta como máxima medida permitida.

– É permitido utilização de visores para- chama com até 50% de isolamento de calor e área de 0,10m2 do tamanho da porta e visores corta fogo de qualquer medida com resistência e isolamento térmico igual a porta.  Os vidros devem ter gravados em sua superfície, a marca do fabricante e o tempo da isolação térmica.

https://scalasci.com.br/portas-corta-fogo-dentro-das-normas/

Norma Técnica é um documento estabelecido por consenso e aprovado por um organismo reconhecido, que fornece, para um uso comum e repetitivo, regras, diretrizes ou características para os produtos ou processos, e cuja observância não é obrigatória. Elas podem estabelecer requisitos de qualidade, de desempenho, de segurança (seja no fornecimento de algo, no seu uso ou mesmo na sua destinação final), mas também podem estabelecer procedimentos, padronizar formas, dimensões, tipos, usos, fixar classificações ou terminologias e glossários, símbolos, marcação ou etiquetagem, embalagem, definir a maneira de medir ou determinar as características, como os métodos de ensaio.

https://abntcatalogo.com.br/faq.aspx

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça a NBR 9077 sobre saídas de emergência

Conheça a NBR 9077 sobre saídas de emergência

Acidentes ocorrem quando menos esperamos. Por conta disso, a Norma Brasileira Regulamentadora 9077 (NBR 9077) foi criada para que, na hora do desespero, sejam evitados maiores desastres durante situações emergenciais. A Norma estabelece as condições essenciais para...

Galpão logístico: Como preveni-lo contra incêndio?

Galpão logístico: Como preveni-lo contra incêndio?

Com o aumento significativo dos e-commercers e do setor varejista, houve um crescimento na procura por galpões logísticos, já que estes melhoram o setor de armazenagem e otimizam a distribuição de produtos. Mas devido a incidentes recentes em armazéns logísticos que...

Precisa de ajuda? Converse Conosco